29 agosto 2011

Sobre a minha escolha de parto

Genteeeem, fazia tempo que eu queria colocar um big post sobre parto aqui, mas agora ta ficando meio dificil de ficar digitando no pc, pois o Luigi ta bem grandinho e a barriga esta me incomodando MUITO! Mas vamos tentar né!

Umas das perguntas mais comuns que me fazem é: - Pra quando ta marcado o parto? Eu quase sempre respondo a mesma coisa - O Luigi é quem sabe, no dia que ele quiser vir ele vai vir. A data provavel do parto é 13 de outubro(dia que eu faço 40 semanas), porém, quem decide o dia de nascer é ele, meu corpo, ou eles dois em harmonia. Considerando que eu vou ter o Luigi normalmente, naturalmente, como Deus permitiu que o nosso corpo fosse perfeitamente criado e adaptado para.

Entao vem suspiros, comentarios e opnioes do tipo: "Nossa, voce quer parto normal?", "Que coragem hein?", "Eu nao passo por essa dor nem a pau", "Sério que voce quer parto normal? Quero so ver quando começar a sentir as dores."

Sabe a vontade que eu tenho quando eu escuto esse tipo de comentarios? Dar as costas e sair andando.

Gente, nao entra na minha cabeça esse pensamento retardado e desinformado do povo brasileiro. As pessoas hoje querem ser maes, querem passar por toda uma gestaçao, sofrendo com as modificaçoes do corpo, agoentando as dores nas costas, nas pernas, na cabeça, etc, esperar 9 meses com os hormonios totalmente desequilibrados, pra que? Pra no final daquelas 40 semanas unicas, dar a alguem o direito de ter seu filho por voce, por livre e espontanea vontade? Me desculpem as maes que tiveram partos cesareos por escolha propria, mas eu acho isso muito triste.
A mulher é feita perfeitamente para gerar, acomodar o bebe e parir no seu determinado momento, no momento do seu corpo. Por que ter medo de uma coisa normal, altamente natural e fisiologica? Medo de colocar seu filho no mundo, com suas proprias forças, com seu instinto materno? Somos mamiferas, somos animais, e a procriaçao é uma coisa NORMAL!
A sociedade, a midia e porque nao as pessoas hoje querem impor que a dor do parto é a maior do mundo.  Pobrezinha da mulher que tem filhos de parto normal, elas sofrem muito. SOFREM? Sofreu pra fazer o menino?
Dizer que elas sofrem é muito atrasado. Foi-se o tempo em que a mulher ficava deitada numa cama, agoentando cada dor, pensando na dor, esperando a dor, a DOR DO PARTO, que medo! A mulher que quer ser mae, ela se prepara para isso, nao digo de planejar a gravidez(porque a minha nao foi planejada), mas de no momento que descobri-la, assumir a responsabilidade e ser uma MAE. Indo em busca disso que eu pesquisei em muitos sites sobre gravidez, bebes, e claro, partos. Sempre tive a ideia de ter um parto normal, porque sempre achei que era a melhor maneira de colocar um bebe no mundo, ja que é a mais natural possivel.
A cesarea ela so tem que acontecer quando houver complicaçoes, e a mulher precisar da mesma, seja para salva-la ou salvar a vida do seu filho. Acho um absurdo poder marcar uma cesarea por livre e espontanea vontade sem nem ao menos entrar em trabalho de parto e tentar parir como o seu corpo pede. Massss, cada um é cada um.
Vi varios videos lieeendos sobre parto, e espero que o meu seja tao lindo e tranquilo como eu sonho.
Espero ter o Luigi na agua. Isso mesmo, numa banheira. Sem analgesia, sem hormonios para induzir o bebe a nascer, e sem episiotomia. Ai como sonho com isso. To me preparando pro mesmo, com exercicios especificos, tecnicas de respiracao, boa alimentaçao e muito pensamento positivo! Sei que havera a dor, claro que havera, ate porque nao é todo dia que uma cabeça passa pela sua vagina com uma dilataçao de 10cm, mas juro que a cada contraçao, estarei pensando que sera uma a menos pro meu bebe vir ao mundo. Ja to preparando musicas relaxantes para escutar quando o momento chegar. Quero que seja o momento mais lindo da minha vida. Imaginem so ver seu bebe pela primeira vez? Eu juro que eu nao imagino como ele vai ser e com quem vai parecer, so quero que ele seja muuuuuuito saudavel e abençoado por Deus, o resto a gente resolve.

Ah e mais um detalhe, o parto é meu e nao do medico! Quem fez o bebe foi eu, quem o carregou por 40 semanas no meu ventre foi eu. Meu corpo foi perfeitamente adaptado para esse momento. Entao o parto quem vai fazer sou eu! Desculpe Doutor, o senhor vai ficar apenas observando os batimentos cardiacos do Luigi e verificando se estamos bem, o resto, deixa que meu corpo faz com a ajuda do Luigi e um toque especial la dos ceus! (Ta, umas massagenzinhas na lombar de uma enfermeira querida, conselhos do médico e muito carinho com beijinho do amor eu aceito!) rs

Deixo com voces um video muito lindo sobre a geraçao da vida. Ele é meio grande, mas vale a pena ver, se nao entender ingles, fiquem vendo as figuras, da pra entender voces vao ver!
Como pode algo ser tao perfeito? Obrigada meu Deus.

27 agosto 2011

Nunca imaginei

Nunca imaginei que tudo fosse acontecer dessa maneira. Era tao diferente e relativamente fácil controlar meus sentimentos, controlar tudo por medo do amanha. Quando vc chegou, foi devagarzinho conquistando cada espaco, cada sentimento, cada mudanca. Que forca hein? Que determinacao... Agora aqui estou em tuas maos. Vou ser a mae do teu filho. Segundo voce sou a mulher da tua vida. Isso é tao forte, sempre foi o meu sonho ouvir isso de alguem... Nao qualquer alguem, mas um alguem que me importasse, que eu sentisse reciprocidade ao sentimento. Isso chegou, voce chegou. Me trouxe varias mudancas, e segue trazendo... Dia apos dia vou crescendo, cheia de erros e defeitos, mas vou tentando, tentando subir degrais na escada da vida. Tenho muito medo, medo do amanha, medo de nao dar certo, dos meus sonhos se frustrarem... Mas há algo tao maior aqui dentro... A fé, a esperanca, e a forca de vontade. Aquele velho sentimento que eu senti um dia, ainda é tao vivo dentro de mim... O sentimento de EU CONSIGO SIM... Nao agora, nao amanha, mas o futuro é incerto e a gente tem tempo, direito e vontade de amar... Uma, duas, 10 vezes se preciso, o amor é sempre novo, é limpeza de alma, é felicidade, é vida abundante... Nao sei se o futuro das minhas decisoes vai ser segundo a minha vontade. Sonho que sim, e em cima do erro me fortaleco pra tentar de novo... É tao dificil ficar longe de quem a gente ama ne? Ainda mais de alguem assim que fica tao proximo da gente, que se torna um cumplice, um grande amor. Quero te dizer hoje que o que eu sinto, explode aqui dentro como um vulcao, e isso é uma coisa contruida. Devo isso a Deus e claro a voce arquiteto do meu sentimento... Conquistador do meu amor... Eu sei que o futuro nao vai ser facil, mas quero te dizer que quero tentar cada dia, cada hora, cada minuto ao teu lado. Vou dar tudo de mim, eu prometo. Te devo toda a minha fidelidade, meu respeito e minha sinceridade. O respeito que vc conquistou e vem conquistando a cada dia é o que me faz te querer tanto. Que Deus abencoe o nosso amor e que nos molde para estarmos sempre abertos a escutar um ao outro, a mudar quando necessario, a abrir mao de algo que fira o outro, e a se amar com respeito acima de tudo. Que nosso filho seja sempre reflexo desse amor e que a gente ensine ele a ser feliz como a gente é e vai ser. Te amo muito meu amor. Te amo muito. Saudades demais...






Escrevi em 08 de maio de 2011

Eu e o meu barrigaozaozao

Gente, atualmente to com 33 semanas, ainda me faltam umas semaninhas pro Luigi nascer, enquanto isso so me resta esperar e ler tudo sobre parto, pos-parto, amamentaçao, relatos de parto, recem-nascidos, etc e tal. Fico tao dedicada às minhas leituras que acabo passando a noite inteira acordada e o dia caloroso dormindo. Isso quando consigo dormir, minha cabeça fica entupida de pensamentos, ideias, vontades, sonhos e tudo o mais possivel. Viro pro lado esquerdo, lado direito, de bruços, pernas pra cima, idas ao banheiro, ventilador parado, ventilador girando, lanchinhos noturnos, agua, agua e mais agua e muita oraçao - Meu Deus me faz dormir? - Sem contar nas contraçoes. Yes, eu ja tenho contraçoes!




Information Moment:
Contraçoes:



Comuns durante a gravidez, as contrações uterinas indicam o crescimento e a dilatação do seu útero. Elas ocorrem desde o mais tenro início da gestação, e vão se tornando mais explícitas a partir do 5º mês. Quando a contração ocorre, você sente sua barriga enrijecer-se e depois voltar ao normal.
Normalmente, as contrações não causam muito incômodo. São como as cólicas menstruais.

Contraçoes de treinamento (ou de Braxton-Hicks)

Lá pela metade de sua gravidez, às vezes até antes, você pode notar que os músculos do seu útero deixam sua barriga dura, o que dura de 30 a 60 segundos. Nem todas as mulheres sentem essas contrações, que surgem aleatoriamente e costumam ser indolores. 

Elas recebem o nome de contrações de treinamento, contrações "falsas" ou contrações de Braxton-Hicks, em homenagem ao médico inglês John Braxton Hicks, que as descreveu pela primeira vez em 1872. 

Os especialistas acreditam que elas sejam uma espécie de treino do corpo para o trabalho de parto. Alguns acham que elas colaboram para o processo de "apagamento" do colo do útero (que vai ficando mais fino) e para a dilatação. 
As contrações de treinamento costumam ser sentidas a partir de 16 semanas, ou bem mais tarde. Mas também é normal não sentir essas contrações nenhuma vez.


Resumindo em MilenaLanne's words:
Sua barriga fica dura, da uma certa dificuldade em respirar, da muita vontade de fazer xixi, e voce se sente meio que "explodinho" por alguns segundos, com todos os orgaos abdominais sendo apertados. 




Voltando...
O Luigi é quietinho, ele so mexe depois que eu como, ou quando ele ta com fome e pede pelo amor de  Deus pra eu comer. Ele ja passou pelos momentos dançantes dele(até agora né) que ele ficava a noite dançando na minha barriga, enquanto eu pedia pra ele pra me deixar dormir, e explicava que nao era hora dele ficar dançando, que so era pra ele dançar quando tivesse musica agitada e tal. Ele nao me entendia. Porque sera? Insistia em continuar na farra. Depois de muita conversa, choro, musiquinhas de ninar e paciencia, ele resolveu finalmente dormir - Quase de manha ja - Tudo bem, tudo okay, te amo mesmo assim filho. O que é uma noite mal dormida perto de muitas que virao ne? 
Outro detalhe legal sobre o meu bebe é que ele adora me fazer passar vergonha. Ele mexe, mexe, mexe, no momento que eu chamo alguem pra ver, ele para. Fico eu com cara de boba, a pessoa mais boba ainda achando que eu to de zoeira com a cara dela e ele suponho eu que rindo dessa babona aqui. Eu converso com ele e digo: "Mexe filho pra tia fulana ver" Entao ele muito compreensivo com a mamae babona mexe, me deixa no vacuo mais uma vez.
Isso acontece always. Incrivel!

Espectativas: Espero que quando ele nascer ele puxe pra mim quando eu era bebe, segundo relatos eu so comia, dormia e sorria(alem de fazer xixi, caca, arrotos e gorfos). O Alan, segundo relatos apenas chorava. 
Gente se meu bebe chorar muito eu vou chorar com ele. Imagina aquela coisinha lindinha pikototinha chorando? Nao por favorrrrr!
Quero que ele seja cheiiiio de saude, e que seja gordinho. Amo bebes gordinhos, com muitas dobrinhas cheirosas e bochechas gorduxas! 
Enfim... parando por aqui que o limite de besteiras por post foi superado aqui. 
Deixo fotos de quando eu tava com 31 semanas de gravidez, em duas semanas a barriga cresceu bastante, acreditem, coloco fotos logo logo.











Italia, cheguei mais uma vez.

Quem diria que um dia eu viria morar aqui na Italia? Depois de 6 vezes desembarcando neste pais so para visitar a mamis, agora cheguei para valer(eu e o Luigi). No dia 9 de julho cheguei de vez. O voo foi super tranquilo e nao tao cansativo quanto eu estava esperando. Coloquei tipo uns 12 travesseirinhos daqueles que tem em voos internacionais, atras das costas, mais uns 3 cobertores que também tem no aviao, mais o meu ursinho pooh(que me acompanha pra todo canto pra ajudar no conforto com a barriga) mais 2 casacos de frio. Bom, com esse super-kit cheguei bem no aeroporto internacional de Malpensa(Milao), imigraçao ok, malas ok, carona para ir até a cidade da mamae ok. Tudo alright, vamos la! Depois de umas 12h entre check in, duraçao de viagem, tempo no aeroporto, ainda tinha 4h até a cidade da minha mamis, em Ferrara. Vim dormindo e acordando até chegar em casa... Ate que :


MAAAAEEEEEEE, CHEGUEEEEEIIIII, cansada mas a lingua tava coçando pra fofocar claro! Estava cheinha de novidades e presentes pra mamis. Fofoca vai, fofoca vem, preferi segurar o sono até de noite, pra dormir a noite inteira. Como dormir nao é la muito problema pra mim, dormi super bem de noite, e fuso horario? Nem sei o que é isso! haha




Bom, depois de uns dias, mudamos de apartamento (eu e a minha mamis), porque ela ta se separando e tal. Entao, chegou tudo na mesma hora na vida dela, a filha, o neto, o ape novo, e claro VIDANOVA! Estamos super bem e to super happy porque estou aqui neste momento dificil da vida dela. As vezes eu morro de brigar com ela, mas ela sabe que esse é meu jeito enjoado e exigente de ser. Eu sei que ela ta super feliz tambem porque eu to aqui, ela sempre quis que eu viesse morar de novo com ela, mas eu nunca fui muito  da Italia, dizia pra ela que se ela morasse em algum pais que falasse ingles ja estaria com ela a seculos. Na verdade, nunca gostei muito da Italia! Talvez um dia eu escreva um post falando sobre isso pra voces... Enfim, o destino acabou me trazendo pra ca pra passar uma boooa temporada, pode ser que o tempo faça eu gostar um pouco mais daqui, ou odiar de vez! Vamos ver... vamos ver... To bem e feliz e a mamis tambem, estamos so esperando o Alan, o Luigi e um novo namorado pra mamis chegar pra ficar tudo completo!




p.s.: Busca-se um namorado pra minha mae! Alguem que mereça o valor que ela tem, que a ame e a respeite muito. Ahh e que ajude nos afazeres domésticos! Ultimamente a reclamaçao do dia dela é justamente essa - "Morria de trabalhar fora de casa, chegava em casa e ainda tinha que ser doméstica enquanto "o morto" (o ex) ficava la so olhando e reclamando."




Ai ai ai Mamis, voce definitivamente merece ser feliz para sempre. Admiro tua garra e forca sempre. Amo voce e vou arranjar um namorado inteligente, educado, trabalhador, justo, lindo, gostoso, cheio da grana, que goste dos seus filhos e nao queria mais filhos pra voce.




Alguem conhece um homem assim pra apresentar pra minha mae?
Beijos e cheiros

24 agosto 2011

Deserto do Seara ou melhor Ceará

O titulo desse post me faz rir muiiito... Lembro do Alan me chamando de "linda do deserto" quando gente começou a namorar. Ele sempre frescava com a minha cara(expressao cearense que significa: me zoava), dizendo que eu vinha do deserto. ADORAVA dizer na nossa escola pras pessoas de outros paises, que no Brasil tinha deserto tambem, e que essa doce menina era from the desert. Ai ai ai...
Pois é, esse post é pra falar de quando o Alan foi ào deserto ào Ceara.




A gente esperou bastante pra se ver, esperamos de proposito pra pegar o fim de semana do dia dos namorados no Brasil, ele chegou dia 09 de junho de manha. No dia anterior eu tinha ido ao medico fazer o pre-natal, ele queria porque queria ir junto porque eu tambem ia fazer a ultrasson, e provavelmente saberiamos o sexo do bebe, pois eu ja estava com quase 22 semanas. Infelizmente nao deu pra ele ir comigo, porque so consegui o medico pra um dia antes! Mas tudo bem, tudo okay, soube no dia 08 de junho que eu tava esperando um meninozinholindo, no dia 09 o Alan chegou. Foi lindo, lindo, lindo... Ai saudades que machuca tanto a gente... 




Ficamos grudados 24h por dia ne? Levei ele em todos os pontos turisticos, praias, conheceu alguns amigosqueridos, conversou muito com a minha vovis, tios, primos. Foi SUPERLEGAL! Beijava a minha barriga a cada segundo, pedindo por favor pro bebe mexer pra ele sentir! Eu ainda nao sentia o bebe mexendo, isso mesmo, eu estava com 22 semanas de gravidez e nao sentia o bebe mexer. Mas nem me preocupava, sabia que ele tava bem. 




Foram dias lindosssssssssss gente, ai que saudadessssssss... Pena que chegou o domingo a noite e ele teve que voltar pra SP, aquela cidadevéachata e fria! :( Nos despedimos e foi muito triste né, claro, mas tudo bem, jaja estaremos juntos novamente... Dois dias depois senti o Luigi mexer pela primeira vez! hahahahaha, tadinho do papai dele né? Queria tanto sentir. Juro que ele ficava toda hora beijando a barriga, fazendo carinho, a coisa maisfofadomundo. Morro de saudades disso. 
Bom, essas sao algumas fotos do Alan no deserto, no Ceara.




A minha barriga ja tava beeem grandinha. 








ào meu bebe

Oi bebe lindo da mamae, hoje faz um aninho que o papai e a mamae estao juntos! Infelizmente nao pudemos comemorar porque estamos em Fortaleza(eu e vc), e o papai esta em SP. Ja faz quase um mes que estamos longe do papai porque a mamae veio tirar o visto italiano  aqui em Fortaleza, onde a mamae nasceu e tem familia. Logo logo iremos pra casa da vovo Marcia, na Italia. O papai tambem vai, mas so depois. Vamos morar todos juntos la. Dentro de alguns dias o papai vem visitar a gente, vovo Joel e vovo Carminha tambem estao pensando em vir :) Nos ainda nao sabemos se voce é um menino ou uma menina, so sabemos que te esperamos com muita ansiedade e amor. Temos certeza que o papai do ceu vai te abencoar com muita saude e amor no coracao. Vem logo meu amor. Vem logo minha bençao. Te amamos muito.
Milena Lanne (mamae) 25.05.11

Escrevi isso naquele caderninho que eu ja comentei aqui, a gente nao sabia ainda que o Luigi era um meninao. Eu estava com quase 20 semanas de gravidez.

(In)sensivel

Quem consegue entender as ultra-sonografias? Tá, eu sei que tem um bebêzinho aqui sendo fotografado, mas eu sinceramente nunca consigo ver nada e entender nada. Agora que o bebê tá maiorzinho eu consigo ver alguma coisa, mas quando era pequeninho eu nao via NA-DA! Quando o médico ia me mostrando e explicando que aquilo era a cabeça, o corpo, a coluna, CLARO que conseguia entender (nao sou jumenta), mas se me colocassem sozinha na frente daquela máquina com o gelzinho e o negocinho pra ver o bebê, eu juro que eu não ia entender NADICA-DE-NADA! Considerando essa minha Insensibilidade tão aguçada, nunca coloquei fotos tambem em lugar nenhum. rs
Gente, vou me explicar melhor antes que eu seja apedrejada por ser tao insensivel assim. Sempre que eu me sento na cadeira numa pre-ultrasson, eu ja encho meus olhos de lagrimas e é muito UNICO ver aquelas imagens que eu nao entendo nada. Me sinto toda boba e ali eu tenho certeza que tem um bebe dentro de mim, tipo CAI A FICHA de novo! Quando ele fica quetinho, eu sei que ele ta aqui mas so quando ele mexe que eu sinto que ele REALMENTE esta aqui. E é lindo, muito lindo. Na ultra voce ve o bebe, ou as imagens que vc nao entende nada, mas voce VE, e isso se torna mais real ainda... Sempre acho otimo e lindo fazer a ultra, apesar de nao entende-las.
Pros que entendem postarei fotos! Pra alguns pode nao ser nada, mas pra mim é o nenem mais lindo do mundo inteiro! Super saudavel e mais amado impossivel!


Luigi com 13 semanas na primeira ultra que eu fiz, ainda em SP. Fomos eu e o Alan ver nosso principezinho pela primeira vez. Super emocionante!
Aqui com 21 semanas, quando soube o sexo do bebê lá em Fortaleza. O Alan chegou no outro dia pra nós visitar e comemorarmos que era um garotão super saudavel e lindo que estava vindo! 

23 agosto 2011

Hormonios abitolados

Gente, eu demorei 5 meses pra colocar foto da minha barriga em um lugar publico, acredita? Nao sei o que aconteceu comigo, mas cismei que a minha barriga nao era barriga de gravida e sim barriga de GORDA. Olha se isso tem nexo? Todo mundo me dizia pra parar com essas besteiras, mas FALASERIO, quem que escuta alguem quando esta encucada com alguma coisa? So coloquei fotos quando a barriga tava grandinha mesmo! Hoje eu olho pra tras e me arrependo de nao ter tirado fotos de cada momento, cada semana de crescimento do  Lu aqui na minha barriga. Pensando nisso que eu resgatei as primeiras fotos que eu tirei mostrando a barriga! Tava com uns 3 meses ai... Eu ja nao me sentia tao enjoada, sentia muito sono e estava muito sensivel. Ainda bem que a minha prima querida Solange me fez tirar essa foto! hehehehe...
Ainda em SP, com a minha querida prima Solange que me recebeu tao bem na sua casa!
Eu e a tia Salete, ajudando empolgadamente na fabrica de salgados da minha prima Sol. Saudades de voces!

Dedico ào bebe, à mamae e ào Alan

Gente, quando eu soube que tava gravida, escrevi umas coisinhas em um caderno que eu tenho, relatei como tinha sido o dia que eu descobri a gravidez, e logo depois escrevi 3 textinhos, cada um dedicado à uma pessoa, vou passar pro blog so pra ficar registrado.


ào bebe:

Oi bebe, sei que voce ainda é menor que um grao de areia, mas mesmo com medo eu ja te espero com muita ansiedade. Papai disse que voce vai ser o bebe mais amado do mundo. Eu acredito muito nele! Nos somos muito jovens ainda, mas vamos dar tudo de nos por voce e pra voce. No dia em que soubemos que eu estava gravida de voce, eu e o papai viajamos pra Sydney e ficamos 5 dias la, juntos sonhando e planejando como vai ser daqui pra frente. Estamos muito confiantes e mais importante que qualquer coisa, estamos juntos. Papai e mamae ja amam muito voce.
09.03.11



ào papai, futuro papai:

Meu amor, sem voce nao seria a mesma coisa. Sou tao feliz e completa com voce. Obrigada por todo o seu amor, obrigada por ser meu companheiro, te amo muito.
09.03.11


à minha querida mae Marcia Barros:

Sem voce eu nao seria EU. Grazie mamma. Voce é o meu orgulho sem fim. O seu apoio me da forcas para ir em busca do que me faz feliz. Obrigada por todo o amor que voce me deu e da, isso me basta. Tenho certeza que voce vai ser a nonna mais dedicada e linda do mundo.
09.03.11



Que essas palavras sejam sempre repetidas no meu coracao. Amo muito todos aqueles que me apoiaram e apoiam nos momentos e situacoes da vida.
Beijos especiais em voces.

To gravida! GRA-VI-DA

Quando voltei pra Australia da minha tao esperava viagem à Asia, ja estava SUPER desconfiada que estava esperando um baby, depois de matar muito a saudade do meu namolado lindo, fizemos o temido teste da verdade de farmacia, eu ja tinha feito outras vezes o teste, afinal qual mulher nunca desconfiou estar gravida, mesmo sem razao pra tal desconfiança? Mas como aconteceu nas outras vezes imaginava que o resultado fosse negativo, imaginava nada! Esperava, queria, pedia, implorava! Masssss, o resultado foi P-O-S-I-T-I-V-O, isso mesmo, DUAS listrinhas vermelhas, pro meu desespero total. So sabe o que se sente quem ja passou por isso. Frio na barriga, aquele velho pontinho de interrogaçao por todas as partes, e a lagrima no olhar. EAGORAJESUISDOCEU? Gente admiro muito quem passa por isso sozinha, eu digo que o que foi essencial pra eu me sentir bem foi o Alan estar do meu lado e dizer: "Vamos passar por isso juntos amor". Apesar de tudo estar girando na minha cabeça, o que me fez digerir a ideia foi o apoio incondicional do Alan, ele me abraçou e nao me passou nenhum medo, nenhum sentimento ruim, apenas coisas BOAS! E sinceramente? Foi o melhor abraço do mundo! Tudo que eu precisava naquele momento. Passadas aquelas primeiras horas de susto/medo/desespero, consegui pensar um pouco melhor e imaginar como iria ser, eu e o Alan tinhamos marcado que quando eu chegasse da Asia iriamos fazer uma viagem so nos dois pra Sydney, e ja estava tudo comprado e marcado, entao ficamos la uns 5 dias, sonhando e planejando como seria nossas vidas a partir daquele momento com um serzinho chegando pra nos surpreender e nos obrigar a crescer e amadurecer. Foram dias lindos! Apesar dos meus enjoos e vontade de ficar trancada no backpacker com o namolado conversando e matando a saudade. Conhecemos so o principal de Sydney, eu ainda estava no meu começoENJOADOdegravidez e so as pessoas que me amam muito pra me suportar assim!


Quando voltamos de Sydney, tinhamos mais alguns dias em Gold Coast antes de voltar pro Brasil. Isso mesmo! A gente tava voltando pro Brasil, e eu estava indo morar em SP (a querida cidade que eu odeio tanto) O que a gente nao faz pra estar perto do amado né? Isso era o combinado antes de eu encontrar-me gravida. Ia ficar uns dias na casa de uma amiga que conheci na Australia, até eu encontrar um trabalho e conseguir um lugar pra ficar. Planos mudados. Milena gravida. Legal, agora o que eu faço da minha vida? Quem vai me contratar gravida? Alias, ficar gravida na cidade que eu tanto odeio sem minha familia perto? NO WAY!(Sem chances), quando contei pra minha mamis, ela me disse na mesma hora, VEM PRA CA. (Ela mora na Italia), eu meio perdida, e o Alan mais ainda, nao sabiamos o que fazer. Depois de muito discutir, diga-se conversar, resolvi mesmo ir para a Italia, e ele se quisesse que viesse comigo ( Eu falei pra ele com essas palavras muito PUTADAVIDA um dia), se nao bye bye, a gente iria discutir, conversar um pouco mais pra achar uma outra soluçao. Ser dura doi, mas as vezes é preciso. Eu tinha que tomar uma decisao que me deixasse segura, afinal, o Alanzinho estava sem trabalho também, dependendo dos pais. E entre depender dos pais dele ou da minha mae (eu prefiro nenhum dos dois) massss nessas condicoes ficar perto da minha mae pra mim era o mais seguro a se fazer. Decidido isso, o Alan me disse que iria comigo. Entao os planos eram: Voce vai pra Fortaleza, visitar a familia, os amigosqueridos, tirar o visto italiano, eu vou la te visitar e conhecer a familia e amigosqueridos, e quando sair o visto voce vai pra Italia ficar perto da sua mae enquanto eu fico em SP trabalhando com o meu pai e guardando uma grana pra ir ficar junto de voce quando o bebe for nascer, crescer e se reproduzir (na Italia ou em qualquer lugar do mundo). Combinado! Entao pronto, tudo certo, eu vim pra Italia, Alan chegou, bebe nasceu e pronto fomos felizes para sempre! hahaha, brincando... Depois conto o que aconteceu no proximo capitulo! Big beijos!

Quer saber como tudo começou? Clique aqui

Quer saber como foi minha tao sonhada viagem à Asia? Veja o que eu escrevi sobre a Thailandia e a Indonesia

22 agosto 2011

Bali e o arroz

Ai ai ai, Bali, meu sonho, meu enjoo, meus hormonios a mil, minha saudade do namorado, mais enjoos, e por fim mais enjoos. Resumindo a minha viagem à minha tao sonhada Bali foi um desastre! Uma semana que eu nao via a hora de acabar! A Fe, tadinha, saindo sozinha, contando as novidades pra uma gravida chata e desempolgada trancada no hotel o maximo de tempo possivel! (Eu ainda nao sabia que estava gravida) Mas aquela sentença tao instigante da Fe nao me saia da cabeça "Voce so pode estar gravida, voce ta muito chata Mi, e voce nao é assim". Ai ai ai, sera mesmo? Muitos pontinhos de interrogacao na minha cabeca e nenhum ponto final. Gente, sempre tive o sonho de ser mae, desde pequenininha, lembro de uma epoca que eu "brincava" de ser mae de verdade. Ai daquele que dissesse que eu estava brincando com a boneca, porque eu nao estava brincando. Ela era a MINHA filha! E era de verdade. Eu dava leite com nescau de verdade pra ela, ta ta bom que eu tomava o "mingau" por ela, mas ninguem precisava saber), eu trocava as fraldinhas dela (Pegava todas escondida da minha priminha Mirella que era bebe na epoca), ela tinha uma bolsa de passeio cheia de coisas de bebes, como lencinho umedecido, broches, fraldas limpas, roupas para troca-la, inclusive uma pomada para assaduras. Enfim, ela era de verdade pra mim! Mas falando sério, ela nao dava 1/5 de trabalho que um bebe de verdade da, nao me exigia responsabilidade alguma e nao ia crescer pra ser uma pessoa de verdade.
Pensamentos a mil, o enjoo maior ainda, eu nao conseguia comer praticamente NADA, depois de conhecer Bali e seus pontos turisticos, eu nao via a hora de voltar pra Australia e ficar pertinho do meu namolado lindo,  tava sentindo tantooo a falta dele. Ate pensei em antecipar a minha volta, mas a Fe ia ficar MUITOPUTA comigo, afinal a gente combinou fazer tudo juntas ne? Melhor mesmo era ficar. Enjoada, cara virada, insuportavel e uns quilinhos a menos, eu saia na rua com o nariz tampado! Isso mesmo, eu enjoei o cheiro do arroz de Bali. Pra quem nao sabe o arroz deles nao é como o nosso arroz brasileiro, é um arroz dos graos bem pequenos, e quando se cozinha tem um cheiro forte, tipo como se tivesse leite de coco, sei la. Sei que eu nao podia e ainda nao posso sentir aquele cheiro que eu tenho vontade de abrir um burcado e me esconder pra sempre. Gente é horrivel! HORRIVEL! Peguei um abuso tao grande disso que se associou ao local, quando penso em Bali, penso no arroz, no enjoo, no calor. Enfim, nao penso em voltar la nuncamaisnaminhavida! Jesuiiiiis!
Quando acabou finalmente a semana voltei pra AUS, e a primeira coisa que fiz quando cheguei em Surfers Paradise foi passar no Woolwoths e comprar um pao com queijo e presunto! Fui comendo ate chegar em casa felizdavida pronta pra encontrar meu Alanzinho lindo!
     Templo de Tana Lot
                                                                Templo de Ulwatu
Eu e a Fe em uma ilha chamada Gili Island


Para ver como foi a viagem a Thailandia, clique aqui

Eu, a gravidez e a Thailandia

Era chegado o dia de viajar para a Asia! Tinha o sonho de conhecer Bali, na Indonesia e estava mega happy and excited to get there! Viajamos no dia 12 de fevereiro de 2011, eu e minha querida amiga Fe. A primeira parada foi na Malasia, nao quisemos conhecer la porque umas amigas que tinham ido pra la, tinham ODIADO, entao resolvemos ficar O DIA INTEIRO no aeroporto de Kuala Lumpur, fazendo NADA! Lembro que a gente resolveu nao levar notebook porque so tinhamos direito a uma bolsa com 7 kg cada uma e o note era pesado, sem contar que nao sabiamos da qualidade e credibilidade dos hoteis, hosteis, abrigos, dormitorios, albergues, etc que iriamos ficar, entao quanto menos coisas valiosas levassemos, melhor! Depois de encontrarmos uma lan house com a hora a 7dolares mais ou menos, resolvemos que era melhor nos maquiarmos, ajeitar o cabelo, pintar as unhas, ir ao banheiro 400 vezes, fofocar, fofocar, fofocar e finalmente o mais legal FAZER NADA! Depois de tudo isso, procuramos um cantinho pra dormir no queridissimo chao do gelado do aeroporto e see you at 5am quando pegamos o voo para Pucket, na Thailandia. Chegamos AZUL de fome na famosa ilha de Pucket, deixamos as coisas no hotel e fomos atras de conhecer alguma coisa e um lugar para comer, detalhe era meia noite! Depois de rodar, tirar uma fotos, observar aquela cidade louca, paramos num restaurantezinho bonitinho e pedimos um arroz a carbonara ( hummm, arrozinho com um molhinho carbonara, muito bacon e queijo, que deliiiiicia!) Depois de 40 minutos chega o tal arroz, eu e a Fe ja estavamos dando uma agonia de fome, quando eu engoli aquele arroz goela abaixo, sentindo um leve sabor "estranho" naquela comida. Mal sabia eu que ali comecaria a minha incrivel repugnancia, odio, horror, nojo da comida thailandesa, balinesa, asiatica etc, etc, etc...
Os dias foram passando, eu e a Fe conhecendo a linda Thailandia, e eu criando uma incrivel relacao de odio com a comida daquele lugar, porque o meu paladar nao se dava com as tao famosas thai food? Resolvi que a partir de agora iria comer pao com queijo e presunto! PRESUNTO MI? Disse a Fe. Mas aqui é um pais mulcumano, aonde que a gente vai encontrar um presunto pra voce comer? Eu ( sem saber que estava gravida viu) disse que nao sabia aonde eu ia encontrar presunto, mas eu iria atras em todos os buracos daquela cidade! Andando, perguntando e conhecendo, descobrimos que num super-mercado grande tinha o tal presunto. Compramos e me deliciei com a minha comidinha ocidental! Tudo okay, pegamos barco, jangada, taxi, tuk tuk, perua, elefante, bicicleta, etc... Rodamos por algumas cidades, comemos comidas horriveis(para mim), e no final da semana, eu muiiiiito enjoada com tudo, chata com o mundo, e naoo suportando ninguem, minha querida Fefe me lança a seguinte frase: "Amiga vc so pode estar gravida, vc ta muuuuuuito chata e vc nao é assim!" GELEI! E disse: "Nao, nao, acho que nao!" Acabou-se a semana e proximo destino era Indonesia! Vou colocar em outro post porque tanto abuso nao cabe em um post so!



No aeroporto de Kuala Lumpur na Malasia



Namorado nao quis vir, ficou na Australia

Comidas que eu nao agoentava nem olhar!

Eu, a Fe e um Chimpanzee muito espertinho

Elefantinho lindinho

Agua de coco quente! haha

Aguas lindas de Bamboo Island

Amazing sunset at PhiPhii Island

Onde tudo começou


Faziam 7 meses que eu estava vivendo em Gold Coast, nordeste da Australia, eu morava com 5 amigas em um ape de frente pra praia no auge dos meus maravilhosos 21 anos. Aproveitava a vida com tudo que eu tinha direito e um pouco mais. Ficava com o Alan fazia uns 5 meses, mas a gente nao assumia nada serio. Eu tinha saido de um relacionamento que me deixou muito machucada ha alguns meses antes de ir pra Australia, e tudo que eu menos queria naquele momento era passar pela mesma coisa de novo.



Mesmo acreditando firmemente na minha capacidade de controlar meus sentimentos, nao tive muito exito em relaçao ao Alan (ainda bem!). Posso dizer que a minha historia com ele começa oficialmente em setembro de 2010, Nao no dia que ele me pediu em namoro, mas no dia que eu me senti preparada para entrar novamente em um relacionamento sem medos de nao dar certo, de me machucar ou bla bla bla... 

Lembro como se fosse hoje. A gente estudava na mesma sala, quando ele chegou apenas pra segunda aula.  Levavamos o computador pra escola pra fazer uns trabalhos enormes e chatissimos que o professor passava. Geralmente ele dava duas semanas pra gente entregar o trabalho de 400 mil paginas, entao ele deixava a gente ficar fazendo o trabalho na sala de aula, no computador, com acesso a internet claro!

Eu quase sempre ficava usando a internet pra outros fins na primeira semana, e na segunda semana(a semana que teriamos que entregar o trabalho) ficava desesperada tentando acaba-lo. Num desses dias que eu estava super concentrada no trabalho fazendo nada, esperando o Alan chegar na sala de aula, fiquei pensando e sentindo algo que eu queria muito falar pra ele, pra mim, pro mundo. Mas quem me conhece sabe que eu me expresso melhor escrevendo que falando. Entao eis a minha inspiracao do dia:


“Quero através destas seguintes palavras expressar e passar tudo que está aqui dentro. Talvez nem eu saiba direito tudo que eu estou sentindo, mas geralmente quando começo a escrever me encontro. Cansei de ter no pensamento o "oi", "ei", iz", "ive" ou o "mas", "porque", "se". Cansei de pensar que estava aqui em mim. Foi apenas o tudo de novo babe. Óbvio que seria, assim é o que sou e o que faço. Uma nova oportunidade está acontecendo, e tres palavras estao sendo pronunciadas: NOVO DE NOVO. Novas oportunidades de construir um alicerce, um duplo caminhar. Na lembrança levo o ontem, o medo, o erro. No hoje eu sou, estou, danço, brinco, vivo. Amanhã serei, acreditarei, viverei tudo de novo até chegar lá, lá aonde quero ir, lá aonde quero estar, e os meus sonhos realizar. O amanhã pode ser hoje, eu sei. É tempo. Tempo de ser de novo, amar como criança, entregar os sonhos pra viver amando. Tempo de abrir a boca e o coraçao pra expressar os sentidos. Tempo de viver voando, viver um mundo só meu. 8 meses depois chegou. Chegou o tempo de guardar o luto, a porra do medo. Porque ter medo de viver? Ah, o novo é lindo, puro e ousado. O meu andar foi direto, o meu pensar não tem que chorar. Seca a cara, abre os horizontes e começa.”

RECOMEÇO

O NOVO DE NOVO

VIVO

PRESENTE IMPERFEITO MODE ON.

YEAH... YEAH... YEAH... Babe ;}


Acho que ele nunca leu esse texto, nao que eu lembre! A gente muitas vezes se priva de viver por medos, ate que chega um momento que é melhor jogar tudo pro ar, jogar a razao, as experiencias ruins, e principalmente o medo, pra entao se jogar no mundo do novo, de novo! Isso que eu fiz. Nao lembro a data exatamente que eu escrevi isso, mas foi em setembro, isso eu sei! Logo depois comecou uma historia que marcaria minha vida para sempre.

Quando nos descobrimos gravidos, nao tinhamos noçao do que iria acontecer, mas uma coisa tinhamos certeza, o bebe viria para nos unir ainda mais e dar novos rumos nas nossas vidas. Seria um empurrao bem forte do destino para aprendermos de vez a ser mais responsaveis, e unir nossas vidas para sempre.

Com muito medo, enfretamos os problemas juntos, e suportamos meses de distancia, ligados por um amor e uma vida que estava chegando. Os meses passaram e da noticia que o nosso filho seria um menino para a vinda à Italia e o nascimento do Luigi foi um pulo. 

Luigi chegou junto com a certeza do amor eterno. Não somos casados, mas somos eternos apaixonados que acreditam na felicidade, companheirismo e crescimento mutuo. Boboes assumidos em busca de sonhos que nasceram junto com o nosso amor. Vamo que vamo vivendo e criando um filho com muita dedicação, amor e claro trapalhadas naturais de qualquer pais de primeira viagem desse mundo.



Milena Lanne


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...