14 setembro 2011

Italia eu nao te amo

Ai ai ai Italia, como eu nao gosto de voce.

Se eu fosse citar todas as irritaçoes que eu tive aqui desde que eu cheguei, eu escreveria um post revoltado, enorme e soltando os cachorros em cima de todos.

Primeiro começamos ainda em SP, quando resolvi vir pra Italia, fui no consulado pedir umas informaçoes que a minha mae tinha pedido para eu apurar.
1. Super cedo, ja tinha gente saindo pela janela de tao cheio. ta, nao tem janelas la, é so modo de falar.
2. Um ano e meio de espera para ser atendida
3. Um senhor superHIPERmega grosso pra me atender, que nao me explicou metade do que eu queria saber, e ficava interrompendo o atendimento pra explicar alguma coisa pra outro senhor em italiano.
Eh, hum, tipo,
Senhor, estou aqui ainda.
Desculpe senhor.
Ainda nao terminei de falar.
Pode responder minha pergunta?

Tentativas em vao.
 -Fiqueinamerda.com-
4. Depois de eu ser grossa com ele também, afinal grosseria gera grosseria, ele me encaminhou pra falar com um mocinho la da recepçao. Mocinho da recepçao legal, me explicou o que eu queri saber(mais ou menos), e depois de uma manha de estresses fui MIMbora.

...


Em Fortaleza:
Fui ao consulado com todos os documentos dar entrada no meu visto(sei la o nome) para vir para a Italia, por ricongiugimennto familiare. A moça do consulado conhece minha family, e sabe que minha mamis é cidada italiana, e inclusive até ja tinha feito o mesmo documento pro meu tio vir para a Italia no ano anterior. Entao tudo bem, esperam-se quase 3 meses para que meu passaporte volte com o visto NEGADO. Yes, N-E-G-A-D-O.
Mamis revoltada, eu revoltada, estressada, nervosa, chorona, gravida de 6 meses. Liga-se para o tal do Sr Consul Fulaninho de tal que mora na cidade x e solta-se os cachorros em cima dele e de quem mais vier pela frente.
Mamis diz: Como isso é possivel? Uma filha de cidadao italiano com visto negado?
Consul Fulaninho de tal diz: Nao sei porque aconteceu isso, nao tem nexo! Ninguem pode impedir que seus filhos venham morar aqui. Vou resolver.
Depois de umas horas a mocinha do consulado liga e diz: Ahh, o Sr Consul ligou aqui, estamos enviando novamente os papeis  para Recife e o erro foi meu, coloquei a solicitaçao errada. MUITOLEGAL!
Agora tenho que esperar mais 3 meses pra viajar pra Italia? Se eu queria ter o bebe la, agora torna-se impossivel ja que estava com 6 meses de barrigao e depois disso nao é mais recomendado viajar em voos de longa duraçao. Chorona, estressada, triste, desamparada, gravida de 6 meses mais uma vez pergunto a mamis: E agora o que eu faço?

 (choros)


Mamis diz: Calma minha filha, vou resolver.
Resolvido, viajo em 2 semanas pra Italia, sem visto, sem nada, nem nada. Entro como turista normal, visitando a mamis. Os documentos chegariam por correios assim que o Consulado de Recife os mandasse para Fortaleza. Pelo menos ja estaria eu, muito linda,querida e traquila perto da mamis.

...

Na Italia:
Passa-se o tempo, eu e mamis no ape novo, como ja contei aqui. Esperavamos os documentos chegarem para eu entao tirar os meus documentos italianos e claro ir ao medico para proceder com o pre-natal.(tudo FREE hein). Passa-se mais tempo, com muito estress claro para que chegue o misero papelzinho maldito para eu dar entrada nos documentos. Depois de girar para um lado, para outro, pra ca e pra la, de bicicletinha claro, tirei a "tessera sanitaria provisoria" porque a fixa so vou tirar depois de ir na "questura"(um orgao daqui onde voce tira o RG nacional), essa "tessera sanitaria" é o que voce tem que ter pra ir ao medico aqui. Tirando isso fui marcar uma consulta com o medico. Depois de fazer fuzue^(com acento circunflexo no E, que aqui nesse teclado nao da pra colocar em cima do E.) Tive que andar no tal do medico de base antes da ginecologista/obstetra. Tudo isso demoram-se anos viu? Ou como diz uma giria australiana que eu AMOOO, demoram-se AAAAAGES! Depois de ir a medica, com milhoes de perguntas encucadas da cabeça, mamis do lado pronta para interpretar meu italo-english-espano-portugues, fui super empolgada e filiz que ia fazer o acompanhamento e claro a ultrasom do 3 trimestre que ja estava atrasada!
Chegando la, a querida medica fria-mecanica-insensivel-grossa-estupida-bruta me quebrou as pernas quando disse que a ultra nao estava marcada e que a essa altura do campeonato seria dificil conseguir marcar. Momentos super desagradaveis que eu passei la que nem quero lembrar. Saimos eu e mamis arrasadas e prontas pra quebrar o pau no CUP(lugar onde se marcam os exames).
Resumindo MUITO a historia, fui la dois dias seguidos para marcar outros exames e correr atras da ultra e o principal: Nao voltar nunca mais na sala daquela medica fdp. Queria um outro medico, de preferencia um homem! Ahh, nao sei porque mas acho medicos homens menos brutos, pelo menos com as minhas experiencias. Enfim, choros pra ca, choros pra la, a mulherzinha do CUP me diz que so tem consulta pra outubro com outro medico! Eu falo: Em outubro o Luigi nasce!

(Mais choros)

Minutos de reflexao...


...


Ta bom, fazer o que, em outubro vou ao medico entao.

Ja fiz todos os exames requeridos, so falta a ultra que vai ser segunda feira. Yes consegui marca-la! Alan chega terça feira. Mais uma vez ele chega um dia depois da ultra! hahaa, tadinhoooo, so viu o Luigi quando ele era bem pequenininho com 13 semanas, e nao entendeu nada claro!
Em relaçao a consulta com o medico novo, estou vendo se vou num particular logo depois da ultra, assim nao espero até começo de outubro. Bom, vamos ver. O que me deixa mais tranquila é que a minha gravidez ta sendo ssuper saudavel! E qualquer coisinha o hospital é pertinho daqui de casa. Espero que tudo siga assim, maravilhoso até o Luigi chegar nas nossas vidas!
Bom, voce lendo tudo isso, nao imagina como foi passar por tudo isso gravidissima, depois conto o proximo capitulo da novela "Italia eu nao te amo". Se preparem so pra ver a falta de vergonha que é conseguir dupla nacionalidade italiana sendo descendente de sangue, como é o caso do Alan e do Luigi.
Esse capitulo promete!

Beijos, queijos e cheiros, volto logo mais!