07 outubro 2011

Balanço da gravidez

A gravidez realmente é linda. O fato de gerar uma vida, um serzinho parecido com voce é unico e especial. Eu defino a gravidez resumidamente em algumas palavras: Espera, mudança e descoberta.
A mudança que ela trouxe, as descobertas que vem trazendo e a "eterna espera" vou compartilhar com voces right now.


Primeiro trismestre da gravidez (1 a 3 meses):
Descobrir que estava gravida além de ter:
Me chocado bastante. Me tirado o sono por varias noites. Perguntado a Deus a cada minuto: "E agora o que eu faço?". Chorado horrores nao acreditando que aquele sonho tinha sido assim tao antecipado sem eu nem ao menos ter planejado. Me trouxe uma alegria imensa. Uma extrema curiosidade. Uma expectativa inacreditavel e uma vontade de me tornar melhor e capacitada para criar uma vida.


Quando decidi voltar para o Brasil e morar em SP, o meu objetivo era me profissionalizar e crescer na minha area. (ainda meio indefinida entre comunicaçao, fotografia, publicidade, etc). Como voces sabem sou de Fortaleza- Ce. Resolvi ir para SP porque:1. tinha feito muitos amigos paulistas e paulistanos na Australia. 
2. nao queria ficar longe do meu namorado que é de SP e também estava voltando pro Brasil. 
3.esperava ansiosamente conseguir um trabalho em uma multinacional, considerando meus cursos no exterior e que falava além do portugues, o espanhol, o ingles, e arriscava no italiano. Entre my city, capital of the Seara's desert and SP, infelizmente SP era a melhor opçao para conseguir isso néah?


Enfim, pretendia por fim começar a facul, porque ja tinha adiado muito esse momento. Ja estava com 22 anos. Tinha vivido em 3 paises, tinha curtido MOOOOITO, e estava cansada de trabalhar no exterior de garçonete, entrega-panfletos, seca-chao de balada, limpadora de shopping, "azafata" de eventos, ETC...
Queria um trabalho qualificado, minha area, comunicaçao com o mooondo babe! Afinal isso estava em faRta na minha vida de nomade(sem acento circunflexo, pois meu teclado nao me permite colocar os devidos acentos da leeeengua portuguesa ta?).


Bom, acontece que ao descobrir a gravidez a minha vida e os meus planos mudaram lieendamente!
Como estar em SP gravida, desamparada, sensivel, "sozinha", sem trabalho e sem perspectiva do mesmo? (pobre da Mi).


Lembro que ainda nos primeiros dias fantasiava a ideia de encontrar um trabalho e continuar em SP, morando sabe-se la Deus aonde e/ou com quem. Bom, resumindo a historia bem legal. Todos esses sentimentos de (????) junto com o começo da gravidez resultaram em muitas noites mal dormidas. 
Como ja falei sobre isso aqui, vou pular essa parte e falar sobre outras coisas. #ceis deixam?


Antes de descobrir a gravidez, os sintomas da mesma foram muito intensos, tipo: NENHUM! Isso mesmo, o unico sintoma que eu tive, que eu poderia pensar em estar gravida foi o atraso da mestruaçao. Mas isso era N-O-R-M-A-L na minha vida de periodos loucos e irregulares.Tirando isso, senti enjoos. Enjoos(sem vomitos) esses também comuns na minha vida boemica de Australia.- Yes bebi bebidas alcoolicas por 2 meses até descobrir a gravidez e nao me orgulho disso. -Enjoei também comidas e cheiros, mas ai eu ja estava com uns 2 meses de gravidez e tava viajando , entao nao liguei à gravidez, mas considerei a possibilidade a partir dai.Tive muito sono! Mas como costumo dormir muito, isso nao era tao estranho assim.


Depois de estar ciente que estava gravida, foi que tive mais enjoos(sem vomitos). Mais sono. Fome de leao.
Fiquei O poço da sensibilidade ambulante. Me tornei anti-social. Me sentia o terror da feiura. Me tornei brigona e "cheia" da moral (pobrezinho do Alan). Nao falava muitao como sou acostumada a fazer. 
Enfim, o primeiro trismestre da gravidez me transformou em uma pessoa que eu nao gostava de ser.


Nao vomitei muito, apenas 2 vezes. Uma porque a pressao baixou e outra por ter passado uma noite inteira com fortes dores de cabeça de tanto chorar. Ah, isso sim, tive bastante nos primeiros meses: dor de cabeça. Devo ter tomado umas boas cartelas de paracetamol para as atormentaveis que me incomodavam tanto.


Bom, considerando que fiz muitas estripulias no começo da gravidez, Luigi, como é um campeao, permaneceu super saudavel e agarrado ao meu utero sem nem ao menos a mae-monga-lesada aqui se dar conta. Esteve super saudavel e aconchegado se desenvolvendo super bem. Nao tomei ferro ou acido folico, nao dormi ou comi direito. E ele esteve la, firme e forte me mandando sinais: "Mae, voce vai ser mae! A minha mae!" Ai ai ai.


Quando soube da gravidez senti muita culpa, claro. Queria ter me cuidado e preparado mais o corpo para a chegada desse campeao, mas como nao deu, tentei compensar depois dos 2 meses(quando descobri né). Passei a me alimentar direiteeeenho, tomar muita agua, tomar acido folico, ferro e me cuidar mais. Parei de sair pra night, dei um tempo na vida boemica e pronto. Tudo bem bonitinho e certinho.


2 trimestre da gravidez (3 a 6 meses):
Com certeza a melhor fase da gravidez! Nada de enjoos ou dores. Bebe mexeu pela primeira vez, meu apetite voltou ao normal(fome de leao no more!)


Tudo lieeeendo


Um pouco de incomodo para dormir porque a barriga estava crescendo, mas tudo muito sutil.
Continuava anti-social. Continuava me sentindo feia mas agora me sentia GORDA! (oi quilos a mais, eu nao gosto de voce!) Mas super feliz, curtindo mooooito o Luigi na minha barriga e sonhando muito com o futuro.
Meu humor melhorou, me sentia cansada, mas nada demais. Dormia direitinho(muitas horas por dia como I love of course).


Comia super bem, sem nenhuma frescura. 
Nessa fase parecia que eu nem tava gravida! So eram coisas boas, Luigi mexeu a partir dos 5 meses e eu ficava babada-estagnada-mongolizada sentindo-o.


So maraveeeelhas!




3 trimestre da gravidez(6 a 9 meses)
Ultimo trimestre! Ultmos meses de barrigaozaozao.
Barriga esticou, menino cresceu, meu ar faltou, minha fome vortou.
O menino guloso comia tudo e mais um pouco. Engordei mais ou menos 10kg na gravidez inteira, e olhem que eu nao estou comendo pouco viu? Faz uns 2 meses que nao saio dos 71kg. Luigi "rouba" toda a minha energia literalmente. Certeza que ele vai ser um gordinho muito lindo da mamae.


Cansaço e dor nas costas: é o sintoma mais presente desse ultimo trimestre. Principalmente dessas ultimas semanas. Senti falta de ar por volta do sexto e sétimo mes. Depois disso ficou mais tranquilo. Dor nas costas vim sentir mais agora no final também. Nao é uma dor assim tao intensa, mas nesses dias me deixou sem dormir.


Enjoos e vomitos e tonturas: me senti SUPER enjoada com a cabeça girando e vomitei 2 vezes agora no finalzinho, com 8 meses.Essa semana fui à uma médica competente e legal(finalmente achei uma!!!), e ela foi a unica que me deu uma resposta convincente à minha pergunta: "O que pode ter me causado essa tontura?"
A resposta foi clara e direta: "Voce nao pode deitar olhando pro teto, tem que deitar sempre de um lado ou de outro, pois o utero esta muito pesado e ele pode pressionar alguma veia, o que pode te causar tonturas e enjoos. Sem contar que a pressao da gravida é normalmente mais baixa do normal. Simples né? E porque ninguém me explicou antes? Heiiiin? ArrrMaria.




Sentimentos no ultimo trimestre: depois do 6 mes, sai do meu estado "Bete Milena a feia" para o estado "Eu sou demais".Nao, eu nao estava  bonitinha, eu nao estava arrumadinha, com roupinha novinha. Eu estava LINDA. Eu ficava LINDA. Com qualquer roupa, not make-up, not new clothes, até pelada eu era linda. Era nao, eu SOU! I am! Yo soy! Io sono LINDA, L-I-N-D-A, Liiieeenda! Nao existe lindesa mais linda do que a minha no meu estado gravidissico de ser.

(suspiros!)

Baixa auto-estima? Que é isso meRmo meu povo? Nos ultimos meses eu nao andava mais na rua. Desfilava! Rá! #modelo-anã-do buchao-que-tá-se-achanu-hein. Realmente me senti linda nesses ultimos meses e tanto amor proprio me gerou esse post aqui. Mudemos de assunto se nao vou continuar falando da minha lindesa e do meu barrigaozaozao lindao.


Socializando com o mundo: outra coisa boa dos ultimos meses é que voltei a falar e me socializar com o mundo. E até criei o blog pra compartilhar a vida cunzamiguquerido. E que bom que os amigosqueridos estao sempre por aqui para ver como tudo esta correndo e se estamos bem.

Vortemos as partes chatas do final da gravidez.


Intestino preso: Horrivel! O meu quando fica muito cheio me causa dores na barriga. Tem horas que acho que vou ter dois partos. Um vai ser do Luigi o outro vai ser da "Cacas". Jesuismiajuda!
Ameixas voces sao as minhas companheiras diarias! Aqui na Italia nao tem mamao. So tem em alguns miseros mercados que vendem produtos internacionais a um preço nao rasoavel.


Azia: Nao tive muita. Na verdade, quase nada. A comida ta bem mais leve agora no final da gravidez, mas ate o começo do oitavo mes eu ainda estava comendo o que dava na telha. E isso era complicado. A comida fica muito mais pesada, e deve-se regular o que se come para nao passar maus bocados. As vezes demorava ages* para digerir o rango, e isso é bem incomodo.


Gases: Tive pouco também, da umas dores na barriga, mas depois que voce arrota ou peidhia, passa.


Bom, acho que é isso. Minha gravidez segue por nao-sei-quantos-dias. Resolvi fazer o balanço logo porque depois que o Luigilindodamamae nascer, ninguém vai mais querer saber da mae aqui néah. Sem contar que nos primeiros dias/semanas do Luigi vou ficar meio off da rede, afinal, o pequeno vai me consumir muito e mais um pouco.


Vou indo agora deitar um pouco que as minhas costas ja estao doendo. Beijos duplos meu e do barrigaozaozao de 39 semanas e 1 dia

*Ages: Expressao que significa "por anos", "muito tempo" em ingles
p.s.: Se lembrar de mais alguma coisa, atualizo o post!