05 dezembro 2011

Relaxe e nao se cobre muito.

Oi pessoas :)

Primeiramente quero agradecer do fundinho do coraçao a todas as amigas queridas que dedicaram um tempinho dos seu dia para deixar um recadinho aqui. Obrigada pelas palavras. Sabe, escrevo o blog para registrar os momentos, para desabafar, para deixar os amigosqueridos e a familia terem noticias mais detalhadas sobre mim, Luigi e Alan. Quando eu desabafo algo assim, que estava entalado, guardado, escondido e tenho um retorno cheio de carinho e preocupaçao da parte de voces. Isso renova as minhas forças e me deixa tao tao tao feliz que voces nem imaginam. Obrigada de verdade pelo carinho de todos voces. Que Deus encha de alegria, saude  e felicidade os lares de voces.

***

Entao que li todos os comentarios aqui no blog e no facibuque. A crisezinha passou rapidinho depois de alguns esclarecimentos importantissimos que minha querida amiga Rayana Teixeira me mostrou. Como me ajudou DE-MAIS, vou compartilhar tudo aqui pra se de repente uma de voces passarem por isso, nao se desesperarem como eu e chorar todo o estoque de lagrimas do dia.

Luigi estava(e ainda esta de vez em quando) querendo mamar o dia inteiro, querendo ficar pertinho de mim o tempo inteiro e super enjoadinho. Eu, como voces ja sabem, contei que nao conseguia fazer nada. N-A-D-A. Além de ficar com ele empidurado no peito(pobres peitos!)

Dos conselhos e dicas que voces me deram, lhes falo o que eu segui, junto com as informaçoes que eu catei nas comunidades de maes-desesperadas-com-um-bebe-recem-nascido do orkut, e em outros sites. O resultado? A seguir:

Descobri que Luigi esta em pico de crescimento. E isso acontece em vaaaaaaaaarias idades diferentes. Mas principalmente no primeiro ano de vida. O bebe solicita mais mamadas ao dia. E melhor do que explicar tudo isso aqui, vejam os quadros abaixo que explicam muiiiito direitinho

Se tiver muito pequeno, aumentem o tamanho do zoom da pagina!
Levando isso em consideraçao eu fiz o seguinte: relaxei.

abre parenteses( No começo, nos primeiros dias e semanas da amamentaçao, meus seios ficaram destruidos por causa da força que o pequeno sugava os mesmos. Entao eu ordenhava leite com a bombinha e dava na mamadeira pequenininha da philips avent. Era excelente porque eu continuava dando o meu leite pro Luigi sem ele machucar meus seios. Entao fiz isso bastante e na medida que ia melhorando a dor nos seios fui diminuindo gradativamente a quantidade das mamadeiras por dia. Ele chegou a "mamar" na mamadeira, cerca de 150ml de leite de uma so vez. E eu ficava surpresa com tanto leite. Pensava: meu Deus ele nao tem nem um mes e ja mama tudo isso? Enfim... Depois de uns dias, fui tirar leite e saia menos quantidade que o normal. Eu enchia apenas 80ml da mamadeira, no total dos dois seios. Ai, passou um pouco mais e cada vez ia diminuindo. Na verdade, era ALTAMENTE irregular. De dia tirava pouco, de noite tirava mais. Uma loucura. Isso ia mexendo com a minha cabeça e me deixando louca do juizo. Até que os seios ja estavam beeem melhores e eu resolvi tirar a unica mamada da mamadeira que tinha restado: a da noite. Resolvi deixar a bombinha de lado e deixar ele mamar como quisesse e quantas vezes quisesse, sem encanar com quantidade ou qualquer outra coisa) fecha parenteses

Isso tudo aconteceu ao mesmo tempo. O leite diminuindo. O menino mamando sem hora pra nada. Eu estressadissima querendo resolver as milhoes de coisas pendentes. O corpo que nao se entendia com a cabeça e etc.

Depois de tudo isso eu resolvi seguir as dicas de voces e RELAXEI.

Desencanei. Li e trouxe pra mim. Me emocionei com alguns comentarios(viu Myllena?). Pensei e refleti. A maioria de voces disseram: "Isso passa! Voce vai sentir saudades" Sabe... é verdade. Lembrei que realmente isso passa rapido. O tempo passa voando. O meu bebe é tao pequeniniho. Ele so ta passando por uma fase. Eu tenho que ser compreensiva com ele. Tenho que dar amor, carinho e peitinho. Nao tenho que ficar irritada e estressada com isso. Ele é meu filho. Veio de dentro de mim. Nao conhece outra coisa além do meu cheiro. Meu amor. Meu acalento.

Depois daquele post desabafando, de noite, depois de ler sobre o pico de crescimento me senti muito melhor. Passei umas 4h lendo e pesquisando. Até que ele acordou e era de madrugada ja. Peguei ele no colo e abracei com tanto carinho. Beijei, fiz carinho, dei beijinho e disse que eu entendia que ele estava passando por uma fase e que a mamae ia dar muito leitinho e amor pra ele crescer muito gordinho, saudavel e feliz. Que aquilo era apenas uma amostra do meu amor por ele. E que eu iria estar do seu lado pra sempre.

Ele mamou por vaaaaaarios minutos. Ficou quietinho, depois dormiu de novo.

Ai que eu fiquei tranquila, relaxada e feliz. Feliz por ele, feliz por mim. Satisfeita e eternamente agradecida a essa tal de internet que aproxima as pessoas que estao longe e nos da todo e qualquer tipo de informaçao. Agradeci a Deus por ter voces leitoras e amigas que estao sempre tao dispostas a compartilhar a vida e experiencia de voces. Dispostas a ajudar.

E depois de dias de sossego a minha querida Paty veio e disse algo que deu um toque final nos meus dias mais tranquilos: "Mi, nao se cobre tanto".

Nossa, a-m-e-i. Passei a ficar tranquila e além de relaxar, nao me cobrar muito. Passei a dar o seio sempre que o Luigi solicitar. (As vezes demoro um pouco a dar e faço alguma outra coisinha) mas no geral, sempre que ele resmunga, o peito ta la. Ainda doi um pouco. Mas eu aguento. Ele mama o quanto quer. Adormece. Acorda. Mama. Sorri. Brinca com o peito. Briga. Mas sabe de uma coisa? To muito mais feliz. Ele ta muito tranquilo.

Ta mega simpatico. E ja ensaia as gargalhadas. Fica encantado "conversando" com seus "amiguinhos", diga-se seus brinquedinhos. Ta lindo, lindo, lindo e gordinho que so vendo!

abre outro parenteses( Luigi estava regurgitando bastante e eu estava super preocupada. Chegava a regurgitar umas 3 vezes depois da mamada e as vezes muito tempo depois de mamar. Eu estava morrendo de medo de ser refluxo. De aquilo estar doendo dentro dele. etc... Deixei um recado no nosso cantinho la no facebook. Maes blogueiras pedindo as amigasqueridas que compartilhassem comigo a experiencia delas sobre refluxo e sobre regurgitaçao. Depois de seguir as dicas e outras coisas mais. Resolvi observar bem o Luigi e seguir os seguintes conselhos:
*Deixar o bebe arrotar por meia hora mais ou menos. Deixa-lo levantado depois das mamadas, pra nao voltar o leite.
*Nao mexe-lo muito depois das mamadas
*Se ele regurgitasse bastante e mais de uma vez, dar o peito novamente para ele comer o que tinha colocado pra fora. (claro so se ele quisesse mamar mais)


Seguindo esses pequenos prodedimentos eu vi que as regurgitaçoes diminuiram. Praticamente pararam. As vezes nao sigo um aqui ou outro ali. Ai ele golfa mesmo. Mas acho que nao é refluxo nao. Acho que é porque ele mama DEMAIS! Mais do que o estomago aguenta. fecha parenteses)


Graças a Deus as coisas estao se ajeitando. Quando a pessoa ta tranquila, tudo flui melhor. Lembro também que a Camila Sanches me deixou um link super fofo dizendo que o filho é o relfexo sombra da mae. Que o bebe sente tudo o que sentimos e reflete isso. Quem quiser ler ta aqui oh. Adorei o texto.

Bebe gordinho aqui. Mae feliz e realizada ali. Todo mundo mais feliz. Consegui resolver as pendencias e até ir em Milao tirar o passaporte do Luigi. Ja podemos viajar quando quisermos! (depois coloco fotos aqui do passaporte) é a coisa mais linda. Um bebe com passaporte. Pode? Ai ai ai.

Agora vou la, volto depois contando sobre Milao e Torino(fizemos uma paradinha la para visitar uma amiga super querida dos pais do Alan).

Beijos, beijos, beijos amores mio.