01 maio 2012

Primeira papinha, alguém dá uma ajudadinha???

Tenho que registrar umas coisas se não eu esqueço, como por exemplo:
*Luigi "falou" papapapa e mãmãmãmã mas não levei em consideração porque para mim são apenas sílabas soltas, quando ele olhar para mim e associar que mãmã sou eu e não qualquer coisa, aí sim marcarei como: primeira vez que ele me chamou de mamãe. Não vejo a hora by the way!

*Comeu até hoje banana-maçã, mamão, pêra, biscoitinho tipo maisena só que especial para bebês( comprei na Italia)suquinho de laranja-lima puro e com cenoura, umas colheradas de papinhas variadas que seu primo Matteo estava comendo e a maluca aqui deu para o filho provar, e uns grãos(pode-se chamar assim?) de pão francês. Porque ele ficou chupando o pão até que arrancou um pedaço e eu tirei por medo dele se engasgar.

Perguntas: ainda não dei a primeira papinha e tô numa duvida só. O que que eu faço pro menino comer???? Gente fala sério a comida do Ceará, do Maranhão, de São Paulo e da Itália são diferentes, que que eu faço? Quem eu sigo? Quem eu escuto?
Nota muito importante que ta me deixando escucada e maluca: bebês não precisam de sal ou açúcar, isso todo mundo sabe mas ninguém ou quase ninguém sabe o porque. Li uma vez que os bebês não têm o fígado pronto antes dos 2 anos e por isso não conseguem filtrar o sal. Ai gente, to postando pelo cel e desculpem se a informação está vasta, errada ou incompleta, assim que entrar em um pc e tiver um tempinho dou uma pesquisada novamente e atualizo o post. Enfim, li isso e com certeza sou contra dar sal ou açúcar, ou qualquer porcariada para bebês. Eles estão em uma fase de formação, precisam de alimentos saudáveis e nutritivos então pra que dar porcaria para eles agora??? Eles vão ter o resto da vida para comer as coisas deliciosas e maléficas e engordativas então eu prefiro esperar o máximo que der para apresentar esse tipo de comida ao meu pequeno. Então que: antigamente as papinhas e alimentação dos bebes era diferente, geralmente começava a introdução de sólidos aos 3 meses, com direito a comidas com sal, temperos do nosso dia a dia e mantega. Como assim??? E o negocio de introduzir um alimento por vez e observar se o bebe tem alguma reacao alergica? Antigamente nao tinha esse cuidado? Olha eu sinceramente nao entendo e nao sei. Minha mae me deu comidinha sem "frescura", minha sogra também o fez com meu namorado e cunhada. Com direito a sal, mantega, tempero e legumes misturado com CARNE quando o bebe tinha 4 meses. Aí eu pergunto de novo: como assimmmmmm????? Aí eu olho pra mim, pro meus irmãos, pro meu namorado e cunhada e vejo que somos felizes e somos saudáveis.
Aí eu olho pra dentro de mim e me pergunto até que ponto eu devo ser "fresca" ( usarei uma palavra mais gentil- cuidadosa) ou desencanada.
Começo a papinha do menino com as receitas das avós pitaqueiras de plantão? Ou faço segundo o que eu leio? Coloco a tal da pitada de sal ou faço uma dieta restrita dedicada e cuidadosa( e estressante também ne? Porque haja paciência para aguentar todo esse povo me enchendo o saco e me chamando de fresca)??????

Isso ta me deixando maloooooca gente. Da aí um help vai. Contem como foi aí na casa de vocês.

5 comentários:

  1. Olha, isso realmente é bem pessoal e como vc falou, a receita ideal varia de acordo com a familia, a regiao, é complicado.
    No meu caso segui oque as tias brasileiras e a bisa hungara aconselharam, eu colocava sim uma pitadinha de sal na comida. Bem no comecinho eu fazia assim, colocava peito de frango pra cozinhar com a batata (ou o legume que seria usado) e uma pitada de sal, tirava o frango e processava o legume, quando ele tinha uns seis meses eu comecei a processar tudo junto, dois tipos de legumes e uma carne magra, usei frango por um bom tempo.
    Comecei a dar comidinha com quatro meses e meio, fiz de forma gradatva, primeiro era um legume, depois fui misturando, no começo batia no liquidificador, depois batia menos, depois amassava com o garfo e ate comecar a comer normal.
    Pra mim tudo isso deu certo, eu nao tive muita "frescura" nao, mas respeitei bastante cada etapa e dei atencao a essa coisa de "um alimento por vez" pq eu e o karo somos bem alergicos entao ficamos com medo.
    Antes dos sete meses evitei brocolis, repolho e feijao pq dao gases, antes de um ano evitei peixe e clara de ovos, com um ano pok ja comia o mesmo que a gente, mas minha comida tb nunca foi muito salgada ou condimentada.

    Tenho certeza que vc vai encontrar um caminho bacana pra seguir e o Luigi vai ter umas papinhas boas. :)

    Qualquer coisa passa la no blog, tem uns posts antigos sobre o assunto.

    Beijocas e boa sorte

    ResponderExcluir
  2. Oi, tudo bem?
    Vi seu blog lá no minha mãe que disse, e como escrevi um post relacionado a isso dia desses resolvi vir aqui te mostrar. Talvez te ajude!

    http://parabeatriz.com/a-introducao-dos-solidos-com-thais-ventura/


    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Um Blog que me ajudou muito foi esse,espero que goste!
    http://asdeliciasdodudu.blogspot.com.br/
    Bjussss e boa sorte!

    ResponderExcluir
  4. Amiga va por si e pelo que vc acha melhor ...sera' o mais certo.
    Bj

    ResponderExcluir
  5. Milena, muita calma nessa hora! Vai ficar tudo bem! Olha, aqui em casa as coisas foram acontecendo gradualmente. Primeiro foi suquinho, depois papinha de frutas. Com as papinhas salgadas começamos com legumes (4 tipos) e 1 folha temperados com um pouquinho de sal, azeite, tomate. Depois vieram as carnes (patinho ou peito de frango), depois foi o ovo (mas a Luisa não gostou), agora estamos nos grãos (arroz, feijão, lentilha...) e o próximo passo é o peixe. Vc consultou o pediatra do Luigi para ver o que ele te orienta? Não dou danoninho, não dou suco artificial, não dou iogurte.... se bem que a minha irmã já dava danoninho para os meus sobrinhos desde os quatro meses e ele me critica muito por ser um pouco restritiva nas comidinhas da Luisa. Como vc disse, acho que isso é algo pessoal... varia de região e tals. Se está com tanto medo, comece aos poucos, mas sempre com a orientação do pediatra do seu filho. bjo

    ResponderExcluir

Tá todo mundo comentando!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...