21 maio 2012

Uma história

Um dia quando o Luigi tinha uns 3 meses mais ou menos, eu e o Alan estávamos assistindo um jogo do Palmeiras contra o Santos(será que era o Santos? Hein amor?), o jogo foi super acirrado, o Palmeiras estava jogando muito bem mas perdia por dois a zero. Até que o Palmeiras fez um, fez dois e tchan tchan tchan: Fez 3 no finalzinho do segundo tempo. Virou o jogo e a emoção foi tanta que o Alan gritou GOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLL e eu segui o ritmo e também vibrei o gol do time querido, Luigi estava na nossa frente olhando para a gente, na mesma hora fez um bico encantador e começou a chorar. Tadinho ele se assustou com a loucura desenfreada desses pais malucos que ele tem. O tempo passou e novos gols foram sendo comemorados e vibrados, o menino fez 6 meses(tá pertinho de fazer 7 já) e até hoje quando escuta alguém falando goooooooooooooooolllllll ele faz um biquinho e ameaça chorar. É a coisa mais linda do mundo gente, e eu assumo, as vezes falo só para ver esse biquinho lindo da mamãe, mas aí depois abraço, mordo, beijo, e como com cobertura de chocolate porque nunca vi coisa mais gostosa nessa vida!!!!