06 agosto 2013

Abraços Grátis

Semana passada me reuni com duas amigas que conheci em um curso de respiração e meditação, e fizemos algo totalmente novo e nobre(pelo menos para nós): Fomos à rua mais famosa de SP com cartazes feitos com muito amor onde oferecíamos abraços grátis para quem estava passando por ali. Foi algo a principio, estranho. Deu medo. O que as pessoas vão pensar da gente? Será que vão nos abraçar ou vão nos ignorar? A Avenida Paulista é um lugar de imensa diversidade. Você encontra todos os estilos de pessoas por lá, é um lugar bem comercial com grandes escritórios e MUITA gente passa por lá todos os dias! Pessoas estressadas, cansadas, pessoas completamente englobadas pela poluição e ritmo da maior metrópole da América do Sul. Resolvemos de alguma forma alegrar a vida de alguém oferecendo algo sincero e caloroso: abraços!!!! Foi uma experiência sensacional. Luigi (1a9m) participou de tudo, abraçou muitas pessoas, riu, brincou, comeu e mandou muitos beijos. Ficamos a tarde inteira por lá e voltamos pra casa cansados mas com a sensação de dever cumprido. Muitas pessoas que passaram acharam estranha tal atitude, muitas liam o nosso cartaz onde estava escrito "abraços grátis - free hugs" e lançavam olhares de rejeição. Muitas passavam rindo, um pouco desconfiadas, não abraçavam, apenas riam. Muitas ignoravam. Nem todo mundo foi abraçado. Nem todo mundo seguiu o instinto de devolver num impasse com um entrelace de braços que estavam despretenciosamente abertos acompanhados de um sorriso. Muitos apenas sorriram e retribuíram o abraço sem dizer uma palavra sequer. Muitos abraçaram e disseram"obrigada" ou "parabéns pela iniciativa". Muitos deram abraços apertados, que valeram mais que mil palavras. Muitos abraçaram com receio. Muitos ficaram conversando após serem abraçados. Muitos sentiram intensamente cada sentimento bom doado. Muitos foram abraçados. Conclusão:  Se compararmos em proporção ao número de pessoas que passaram por nós naquela tarde, é claro que abraçamos a minoria. Mas o pouco se fez muito. Se UMA, apenas UMA pessoa tivesse aceito um abraço e voltasse pra casa mais feliz, teria feito sentido. As vezes é tão simples fazer o bem, a gente que gosta de complicar tudo. As vezes tudo o que uma pessoa mais quer é um abraço, é carinho, é amor, e estamos tão ocupados preocupando-nos com nós mesmos e com os nossos problemas que esquecemos que existe um mundo lindo e cheio de amor mesmo em um lugar caótico como SP. Quanto maior for a sua doação para propagar o bem, maior vai ser seu mundo de paz e luz. Experimente fazer algo sem esperar nada em troca um dia. Não ia divulgar nada sobre isso, mas hoje, quase uma semana depois refleti e pensei: e se eu inspirar apenas uma pessoa a ser melhor? Já valeu a pena. Um lindo dia cheio de abraços sinceros à todos nós.


2 comentários:

  1. Adorei seu blog, no que vc trabalha ? Vou te acompanhar.. bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei a iniciativa...falta o contato humano e a gentileza nas pessoas.

    ResponderExcluir

Tá todo mundo comentando!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...