16 setembro 2013

Sobre escolhas com sentido - ou sem.


Faz tempo que não venho por aqui. Não é por falta de tempo, pois tempo é questão de prioridade. É realmente por falta de prioridade. Com esse negócio de praticidade, acabo usando mais o facebook e o instagram pra atualizar todo mundo do dia-a-dia.

Porém senti falta de escrever. Escrevo há tanto tempo. Escrever sempre foi meu refúgio, minha paixão, meu passa tempo, e com a mudança de prioridades me afastei daqui.

Sempre escrevi para mim. Sempre escrevi para liberar sentimentos e emoções que não queria compartilhar e/ou não saberia transmitir com a fala. O tempo passa, a gente muda, o nosso mundo muda. A vida é tao engraçada, tão linda, tão doida.

Conheci tantas pessoas diferentes neste ano, aprendi tanta coisa diferente neste ano. Li tantos livros legais. Estou em um dos momentos mais legais da minha vida. Momento de auto-conhecimento. Superação de limitações e crenças pré estabelecidas que eu tinha. Momento de descobertas e realizações de sonhos.

Confesso, ainda está invisível a realização de tudo o que eu sonho, mas sinto que cada dia eu chego mais pertinho de ser o que eu sempre quis. Sinto que a cada dia descubro mais felicidade em estar comigo mesma, em servir, em amar e querer o bem de todo mundo.

É tão bom aprender, conhecer, viver cada momento, cada oportunidade, cada experiência. É tão bom estar em paz, se sentir bem. Ai mundão, eu vou te conhecer ainda mais. Vou viajar pra cada lugarzinho lindo que eu quiser. Sonho com isso. Sonho com uma família grande, com nós viajando pelo mundo e fazendo muitas pessoas felizes. Mostrando pra muitas pessoas que elas podem ser melhores.

Sempre fui meio sonhadora, mas além de sonhar eu gosto de agir, gosto de tentar, gosto de arriscar, gosto de desafiar e principalmente, gosto de ser diferente, gosto de ser persistente, gosto de ter opinião e informação. Gosto de ser eu.

O mundo muda o tempo todo, e hoje aos 24 anos eu sei que posso mudar, e sabe, isso é lindo! A gente pode mudar todos os dias, a gente pode aprender todos os dias. Hoje só vai ser igual a ontem e igual aos 10 dias anteriores se a gente quiser. Esse poder de decisão sobre a minha vida que eu amo. E nada me prende. NADA me prende. Sou livre. Meu filho e marido são escolhas. Onde eu vivo é uma escolha. Onde eu vou viver é uma escolha. Eu escolho ser livre. Escolho morar onde eu quiser. Escolho ter liberdade financeira e viajar o mundo...

Escolho ter uma familia grande. Escolho ter saúde. Escolho viver uma vida plena e abundante de felicidade.

Ai, o poder de escolha. É uma escola esse negócio de viver.

E como eu amo essa escola!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tá todo mundo comentando!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...