02 fevereiro 2016

Sinceridade me define!

Hello 2016, sou eu. Faz muito tempo que eu escrevo. Faz, sei lá, uns 14 anos. Eu escrevo coisas. Escrevo sentimentos, momentos, histórias, vida e claro, escrevo amor. Foi no papel. Comecei no meu quarto, com um caderninho fofinho, canetas mordidas e babadas com folhas soltas de papel almaço.
Faz tipo 8 anos que eu escrevo em blogues.

Tudo começou com o "além do que se vê", meu primeiro blog, criado pra guardar meus textos em 2008, logo após um furto que me levou dentro da bolsa todos os velhos papéis riscados que eu guardava com tanto cuidado e levava comigo pra onde eu ia.

A decisão de criar o blog foi basicamente pra nunca mais perder meus antigos eus expressados em palavras.

O blog foi assim por um bom tempo. Apenas algumas poucas pessoas recebiam o endereço para dar uma olhada. Havia mais estranhos e desconhecidos leitores que conhecidos amigos "me vendo".


Depois, quando engravidei resolvi deixar o "além do que se vê" pra criar o "mamãe aos 22", onde basicamente relatava todo o universo que se expandia para alguém que sempre sonhou com aquele momento - a maternidade.


Era tanta coisa nova, que eu queria simplesmente compartilhar com todo mundo tudo o que estava vivendo!


Eu só queria mostrar que eu podia ser uma boa mãe, uma super mãe! Eu queria deixar registrado pro futuro que eu daria o meu melhor ao exercer aquela missão.


E assim foi por uns 3 anos. O blog era assiduamente atualizado. Registrava tudo da minha nova vida e da vida que eu gerei. Foram tantos momentos lindos... E eles ficarão guardados pra sempre ali, aqui.

Ajudarão minha memória a não esquecer do quanto tudo isso foi novo e de como eu lidei com todas essas descobertas e momentos dos meus 20 e poucos anos.


O terceiro momento do Blog veio com a mudança do meu "eu" mais uma vez.

Tinha cansado de ser apenas mãe e queria ser eu de novo. A Milena que trabalha, que é independente, que anda no salto e se maquia. A verdade é que sempre fui vaidosa. E dai surgiu o "Blog e agora Mi?". Haha


Era um blog que eu tinha recuperado meu eu. Eu queria ser eu. Sair. Escrever sobre as saídas. Ver as amigas.

Ser mãe ainda, mas não apenas isso. Eu queria falar de tudo. Queria ser vista como uma super mulher, e não apenas como uma super mãe.


To sendo sincera, afinal o blog é meu. Eu me conheço e não tem porque fazer charminho pra eu falar de mim e pra mim. Ué!


E dai não fui muito longe. Desanimei de escrever. Porque sou meio doida. Enjoo fácil das coisas e não gosto de fingir ou fazer média com ninguém.

Ficou um tempo parado. Ficou morrido. Ficou sem palavras de dentro.
Ficou um tempo assim.
Daí eu pensei... E me lembrei...

Que...

Eu sempre escrevi pra mim!
Eu não gosto de escrever pros outros. As vezes gosto. Mas eu amo fazer isso. Sempre amei, e nunca foi pra mostrar nada pra ninguém.


Muitas vezes os textos eram direcionados à alguém. Mas foram alguém(s) que nunca chegaram a ver ou saber que eu escrevia.


A gente passa muito tempo da vida tentando ser alguém pros outros.

Tentando ser admirado... Haha... Seres complicados.
Faz um tempo que eu cheguei aqui. Nesse estágio que eu voltei a escrever pra mim.
O blog passou a ser "Milena Lanne". Porque na verdade ele nunca deixou de ser o "além do que se vê".


Além do que eu realmente tenho aqui dentro. O que eu gosto. O que eu amo. As palavras. Os sentimentos. As palavras. As pessoas. As palavras. Elas são além. Além de mim. Além do meu sentir.
Hoje o blog raramente é divulgado nas minhas redes sociais, porque aqui é o que eu realmente sou, e eu não quero que todo mundo saiba de mim assim.

Só quem realmente se importa pode ver.

Ele tá público, mas quem sente, me procura, me olha e me vê.

Eu amo poder me livrar das máscaras. Amo minha liberdade. Amo não precisar agradar a alguém.
Aqui me sinto livre e inspirada.


Sabe 2016, só vim lhe dizer que esse ano é um grande ano. Ele começou meio parado mas eu adoro a incerteza do futuro porque a gente sempre pode acreditar que vai melhorar.


Me desejo inspiração, menos preguiça. Tá foda conviver com ela!

Mais exercício físico, mais momentos assim - escrevendo pra mim.

Mais presença na criação do meu fruto.

Mais vontade de cozinhar.

Mais saúde.

Mais sexo. Porque é bom, eu gosto e nunca é demais! Meu casamento agradece!

Mais paciência.

Mais um pouco de paciência...

E mais um pouco de paciência de novo.

Amor sempre.

Lealdade.

Companheirismo no meu casamento.

Fe-li-ci-da-de.
Hello 2016! Tu chegou faz mais de 1 mês, mas eu te saúdo agora, oficialmente!

Vem com tudo.

Vem lindo!

E vem com ares novos que o de São Paulo tá foda de respirar!

Milena Lanne




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...